>> POESIAS DE NATAL

NOITE DE NATAL - Ano 2009

In MARES AFORA... - Poemas - Trovas - Haicais, Débora Novaes de Castro, VipWork Editora, São Paulo, 2010, p.79.

NOITE DE NATAL

 

Céu estrelado!
Antônio e Angelina,
sitiantes de escassos recursos,
ele, a mulher, os filhos
e o especial cuidado
nas idas ao curral...

Sem papai-noel,
sem sapatinhos de alarde,
a toalha branca sobre a mesa,
a lamparina bruxuleante...
o pão e o bolo assados no fogão
à lenha do quintal...

Joãozinho e Maria,
sabem que papai-noel
não virá... mas ainda assim,
faíscam quatro olhinhos
de entusiasmo
e esperança...

De fora, Antônio:
"Venham crianças,
venham todos, a Malhada pariu..."
a bezerrinha mal se sustinha
às lambidas e investidas
da mãe zelosa.

Sem papai-noel,
sem sapatinhos na janela,
Natalina foi o melhor presente
envolto na magia do Natal,
vindo diretamente
do céu!

***

08/12/2009

ENVIE PARA UM AMIGO          COMENTAR
Comentários (0 Comentário)

Leia outros POESIAS DE NATAL

Debora Novaes de Castro © 2017 | Leia as regras de Direitos Autorais
SSL