>> RESENHAS

Hai-kais, de Ronaldo Cagiano.

De: Débora Novaes de Castro Para: Ronaldo Cagiano Assunto: Recebimento HAI-KAIS Data: 25/04/95

De: Débora Novaes de Castro Para: Ronaldo Cagiano
Assunto: Recebimento HAI-KAIS Data: 25/04/95

“... sobre seu livro HAI-KAIS, não poderia deixar de citar TREZE, QUINZE, DEZOITO, VINTE E QUATRO, VINTE E SEIS, VINTE E SETE, E VINTE E OITO... brevidades poéticas, pedaçinhos de sua alma, minúsculos pássaros de luz. A escolha de Bashô, para a abertura do opúsculo, não poderia ser melhor; o hai-kai escolhido, filigrana do mais alto quilate. Trata-se de um livro a ser impresso? Ou é parte de um? Ou o próprio? Não importa. O que se faz real, é a leveza, a finura.
Bem, o que pretendia fazer num futuro próximo, acabei fazendo agora, não resistindo ao apelo dos seus poemas hai-kais. Parabéns.”

Débora Novaes de Castro

ENVIE PARA UM AMIGO          COMENTAR
Comentários (0 Comentário)

Debora Novaes de Castro © 2018 | Leia as regras de Direitos Autorais
SSL